Prefeitura Municipal de Sao Caetano do Sul Home - Página Inicial Busca Fale com a Prefeitura
Home Busca Avaçada Fale com a Prefeitura
Secretarias:

Busca
busca avançada

Valid XHTML 1.0 Transitional

seta home noticias Notícias icone icone

Transporte

CPTM apresenta reforma da Estação São Caetano à Prefeitura

Mark Ribeiro
Da Redação 

A Estação São Caetano da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) passará por uma grande reforma a partir de 2014. O projeto básico foi apresentado por técnicos da empresa pública ao prefeito Paulo Pinheiro, em reunião no Palácio da Cerâmica, na manhã desta quinta-feira (12/12).

Segundo o cronograma da CPTM, a obra deve começar já no primeiro semestre de 2014 e ser finalizada em meados de 2016. A estimativa de investimento é de aproximadamente R$ 40 milhões, custeados pela Secretaria Estadual dos Transportes Metropolitanos.

A ampla reforma inclui a instalação de escadas rolantes e elevadores, além de novas escadas fixas, atendendo critério universal de acessibilidade; mudança no local da bilheteria para a passagem de nível entre o Centro e o Bairro Fundação (atualmente fica na entrada lateral); cobertura em todas as plataformas de embarque/desembarque; modernização dos sistemas elétrico e hidráulico; e a construção de dois bicicletários, com 300 vagas no total – o serviço será gratuito.

“O trem é um dos símbolos do progresso. Não tenho dúvidas de que esta reforma, além de dar mais conforto aos passageiros, contribuirá para o desenvolvimento de São Caetano do Sul”, ressaltou Paulo Pinheiro.

A CPTM registra fluxo de 28 mil passageiros por dia na Estação São Caetano. A previsão é de que este número mais que dobre em 2025, quando deverão ser transportados 10 mil usuários por dia no sistema parador e mais 52 mil pessoas no Expresso ABC, projeto que visa encurtar o tempo de viagem entre a região e a Capital.

“Por isso temos a necessidade urgente de concretizar uma grande obra para que a Estação São Caetano comporte de forma satisfatória a futura demanda de usuários”, afirmou o especialista em Transporte da CPTM, José Heitor do Amaral Gurgel, que apresentou o projeto ao lado da arquiteta Luiza Orsini.

“Esta intervenção se faz ultra necessária. É fundamental tanto no usual, para comportar a futura demanda de passageiros, quanto no visual, já que há décadas a nossa estação de trens não passa por uma grande reforma”, complementou o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Odair Mantovani.

Expresso ABC – O Expresso ABC é um projeto da Secretaria Estadual de Transportes Metropolitanos concebido para que os passageiros da região cheguem mais rapidamente à Capital. A previsão é de que a viagem entre Mauá e o Centro de São Paulo seja feita em apenas 24 minutos – atualmente leva aproximadamente uma hora.

Os trilhos serão paralelos aos da Linha 10-Turquesa, que liga Rio Grande da Serra ao Brás. Para ganhar tempo, o Expresso ABC, pelo projeto original, fará paradas apenas em cinco estações: Mauá, Prefeito Celso Daniel, em Santo André, São Caetano, Tamanduateí (para integração com a linha 2-Verde do Metrô) e uma na região central de São Paulo ainda a ser definida. Não há prazo para o início de operação.

(12/12/13)