Notícias

Centro de Estudos de Línguas do Ensino Fundamental é inaugurado em São Caetano

em 02/09/2019
Centro de Estudos de Línguas do Ensino Fundamental é inaugurado em São Caetano Letícia Teixeira/PMSCS

A Educação de São Caetano do Sul saiu na frente, mais uma vez, e entregou à população um novo espaço voltado ao ensino complementar de idiomas para alunos da rede municipal. Neste sábado (31/8), o Celef (Centro de Estudos de Línguas do Ensino Fundamental) Luiz Milani foi oficialmente inaugurado e, nesta semana, 500 estudantes iniciarão as aulas de língua inglesa na unidade, que está localizada na Rua Oswaldo Cruz, 2.010, Bairro Oswaldo Cruz.

Para o prefeito, a expectativa é de atender 6.000 alunos já no próximo ano e incluir mandarim e Libras, entre outros idiomas, na grade. “Iniciamos de forma experimental neste semestre. Vamos ampliar o corpo docente, por meio de concurso público, para alcançar os resultados que imaginamos”, explicou.

“Mais do que prédios bonitos, nossa real preocupação é com o conteúdo”, completou. “Além desta novidade que oferece segundo idioma aos jovens, São Caetano entregou, na semana passada, uma nova ferramenta de tecnologia em parceria com a Google For Education, ambas pensando na preparação dos alunos para o futuro, seja ele no Ensino Técnico ou no mercado de trabalho”, concluiu.

“Hoje celebramos mais uma oportunidade de estudos para nossos jovens e mais um investimento para educação de qualidade na rede municipal”, resumiu o secretário da Educação.

A diretora do Celef, Elizabeth Tagliatella Orfão, lembrou Cora Coralina ao dizer que o que vale na vida não é o ponto de partida e, sim, a caminhada. “Nesse caminho, os jovens constroem os saberes, desenvolvem as competências e aprimoram as habilidades”, discursou. “Com a segunda língua, ampliam as oportunidades de crescimento e de conexão com o mundo, tão necessárias para a construção da identidade e autonomia. Estamos comprometidos com a educação integral, que transpasse distâncias e desafios na formação do cidadão do futuro”.

AULA INAUGURAL
Nesta segunda-feira (2/9), no Teatro Paulo Machado de Carvalho, os 500 estudantes serão recebidos para as boas-vindas na aula inaugural de apresentação do Celef, às 19h. A partir de terça-feira (3), os cursos serão ministrados nas dependências do Celef.

As turmas serão divididas em Kids I e II (1° e 2° anos), Júnior I e II (3° e 4° anos), Pré-teens (5° ano), Teenager I, II, III e IV (6° ao 9° anos). O aluno de 1° ao 8° ano que ingressar no Celef fará o primeiro módulo semestral, de 2 horas semanais, prosseguindo os estudos em 2020.

LUIZ MILANI
“São Caetano está em festa por ganhar mais uma escola. Para nossa família, é um orgulho ainda maior por termos o nome de nosso pai como patrono do Celef. Agradecemos a todos os que fizeram parte da idealização”, disse, emocionada, Rosa Irene Milani Galvão, filha de Luiz Milani. A família também esteve representada por Inez Aparecida Milani (filha), Adriana Galvão (neta) e Bruno Enrico Galvão Amoroso (bisneto).

O imigrante italiano Luiz Milani (1923-2015), desembarcou no Porto de Santos com apenas 9 meses. A família seguiu para a Fazenda Santo Antonio, em Lindoia, interior de São Paulo, onde permaneceu até 1936, quando veio para São Caetano do Sul. Milani aprendeu a profissão de marceneiro, que o levou a trabalhar inicialmente na Fábrica Pelosi, depois nas Indústrias Matarazzo e, finalmente, na General Motors do Brasil, onde permaneceu até sua aposentadoria. Também teve um papel atuante na fundação da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, na Vila Barcelona, onde residia. Representando o valor do imigrante, ele nomeia a escola que, agora, contribuirá para abrir os horizontes do estudante de São Caetano a outros países e culturas.

 

Compartilhe: