Notícias

Com modelo inovador, estudantes de São Caetano já encomendam uniforme escolar

Por 
em 15/01/2019
Com modelo inovador, estudantes de São Caetano já encomendam uniforme escolar Divulgação/PMSCS

Os estudantes de São Caetano do Sul já estão encomendando e retirando seus uniformes escolares de 2019. Isso porque a Prefeitura iniciou os depósitos do auxílio-uniforme, com o qual os pais e responsáveis podem escolher a malharia de sua preferência. Nessa segunda-feira (28/01), o prefeito fez a entrega simbólica do benefício a pais e alunos, em cerimônia na sede da Secretaria Municipal de Educação.

“Este modelo é inovador e tem sido muito bem visto pelo Tribunal de Contas, pois barateia e facilita o processo, é mais transparente e permite que o valor investido permaneça no desenvolvimento econômico local”, afirma o prefeito. São Caetano do Sul passa a ser referência também para outras cidades. “É um formato moderno. As prefeituras têm, cada vez mais, de se tornar um agente facilitador, e não um agente provedor. E é um modelo que vai se aperfeiçoando, mas não volta atrás, seria um retrocesso”, completa.

Os depósitos foram iniciados em 16 de janeiro e cerca da metade dos 22 mil estudantes beneficiados já receberam o auxílio. Por questões de transição bancária, os outros depósitos continuam até os próximos dias. O valor é de R$ 210, que deve ser usado em qualquer malharia exclusivamente para aquisição do kit composto por sete peças (duas camisetas de manga curta, uma de manga longa, uma jaqueta com capuz, duas calças e uma bermuda). O valor total do investimento é superior a R$ 4,5 milhões, que será injetado no comércio local.

 

A Secretaria de Educação esclarece, ainda, que os uniformes adquiridos em 2018 poderão ser utilizados neste ano. Novos alunos terão prazo de até 60 dias para que estejam com os novos uniformes – nesse período, deverão assistir às aulas com roupas normais. As aulas começam no dia 7 de fevereiro.

 

MATERIAL ESCOLAR – Neste ano, a Prefeitura de São Caetano do Sul aderiu à Ata de Registro de Preços da FDE (Fundação para o Desenvolvimento da Educação), do Governo do Estado de São Paulo. O material escolar é de boa qualidade e também atenderá aos alunos e alunas da rede municipal de ensino.

 

 

Compartilhe: