Pela primeira vez a Seais (Secretaria de Assistência e Inclusão Social), a Sedef ( Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência ou com Mobilidade Reduzida) e Secult (Secretaria de Cultura) da Prefeitura de São Caetano do Sul irão realizar o EMIS (Encontro Multicultural de Inclusão Social), que reunirá apresentações culturais realizadas por instituições sociais atendidas pelo munícipio em três dias.

 

O evento foi criado com o intuito de possibilitar a todos os assistidos pelas instituições, mergulhar nas mais diversas áreas do universo cultural, trazendo suas famílias e amigos para embarcar juntos, oferecendo a troca de experiências, criações e atividades lúdicas de cada um.

 

PROGRAMAÇÃO:

SEGUNDA-FEIRA – 7/11:
Instituição: CIVE (CENTRO DE INTEGRAÇÃO VITOR EDUARDO)
Título: Nos Tempos da Brilhantina
Duração 15 minutos

Coreógrafas: Maria Tatiana Agostini dos Santos e Fernanda Fischler

O CIVE  foi fundado em 2001. Desenvolve trabalho com adolescentes, jovens e adultos com deficiências sensoriais e múltiplas deficiências.
Oferece oficinas de estimulação sensorial, atividades físicas e corporais, artesanato, culinária, recreação, esporte e lazer, música, jardinagem e atividades funcionais que priorizam a comunicação e preparam para a independência e inclusão na sociedade.
 
Instituição: NÚCLEO DE CONVIVÊNCIA MENINO JESUS
Título: O Espelho da Vida (adaptação da obra criada pela Editora Paulus)
Coreógrafa: Amanda Loula

O Núcleo de Convivência Menino Jesus oferece serviços de fortalecimento de vínculos para crianças e adolescentes (6 a 14 anos), no turno-extra escolar, favorecendo suas capacidades cognitivas e sociais, fortalecendo vínculos e impulsionando o indivíduo a buscar melhores condições para sua vida.
 
Instituição: LAR BOM REPOUSO
Integrantes: William de Sousa Moreno (Exposição de 6 telas, estilo realista com traços impressionistas), Claudio Marcio da Silva (Músico – MPB)
Duração: 30 minutos
A Instituição Assistencial Lar Bom Repouso foi fundada em 26 de maio de 1974 por José Carlos Corsi e Margherita Biasi Corsi. A atual presidente é Carla Madia Cervasio.
Abriga pessoas do sexo masculino em situação de rua, oferecendo alimentação, higiene, atendimento social, psicológico e médico.
 
TERÇA-FEIRA – 8/11:
Instituição: ESCOLA METODISTA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL O SEMEADOR
Título: Bailando como estrelas (dança)
Duração: 20 minutos
O Semeador é uma instituição que há 48 anos atende pessoas com deficiências físicas, visuais, intelectuais, múltiplas e Transtorno do Espectro Autista, a partir de 6 anos.
Seu projeto pedagógico segue o currículo da escola regular adaptado às necessidades individuais de cada aluno.
O público maior de 30 anos é atendido por meio do Projeto Semear, que oferece recursos e estratégias que visam a convivência, fortalecimento de vínculos, cuidados pessoais, aquisição e manutenção de habilidades funcionais e promoção de sua inclusão na sociedade.

 

Instituição: ASSOCIAÇÃO PONTE
Título: Para um mundo melhor
Duração: 50 min. Eles tocam, cantam, dançam e atuam ao mesmo tempo.
A Associação Ponte foi fundada em 2007 e proporciona oficinas de percussão, violão, dança, teatro, canto, artesanato e meditação como ferramenta para o resgate e a prática de valores tais como amor, paz, respeito, união, cooperação, responsabilidade e honestidade.
 
Instituição: ASSOCIAÇÃO PATRULHEIROS MIRINS
Apresentação de 60 patrulheiros tocando flautas doces (Novos Tempos e Asa Branca)
Regente: Matheus Carneiro Sousa

Duração: 10 minutos

A Associação Patrulheiros Mirins de São Caetano do Sul – Oscar Klein foi fundada em 3 de junho de 1959.
Oferece qualificação social e profissional a adolescentes em situação de vulnerabilidade social e econômica, promovendo a inclusão social e de cidadania.
 
QUARTA-FEIRA – 9/11:
Instituição: CASA PADRE LUIS SCROSOPPI
Título: Música Legionária Cuida da Terra (dança)
Duração: 10 minutos
Educador: Wesley Mendes Silva
Criada em 1986, a Casa Padre Luís Scrosoppi é referência no atendimento socioassistencial às crianças, adolescentes, jovens e suas famílias.
Atende crianças, adolescentes, jovens e adultos, das famílias menos favorecidas e em risco social, muitos dos quais hoje estão inseridos no mercado de trabalho, levando a marca da integridade moral, ética e da cidadania.
 
Instituição: ESCOLA MUNICIPAL DE BAILADO
Título: Dançando na Chuva (Balé Adaptado)
Coreógrafa: Valéria Savassa
Tempo: 3 minutos
A escola foi fundada em 1982. Tem como objetivo formar não só bailarinos (as), mas principalmente grandes seres humanos, preparando-os para um futuro profissional como pessoal.
Oferece aulas de Ballet Clássico, Pilates, Garuda, Anatomia da Dança, Dança Criativa, Contemporânea e também Balé Adaptado.