São as recomendações estabelecidas pelas normas e procedimentos adotados pela Prefeitura de acordo com a Legislação vigente e com as normas do CONARQ que devem ser seguidas e que envolvem conteúdos que visam a orientar e normatizar os procedimentos para classificação, avaliação e até mesmo a destinação e a gestão de documentos no âmbito da Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul.

Quais são os temas que o Arquivo Público Municipal orienta?

O Arquivo Público trabalha com orientação técnico-arquivista e de política de gestão documental, temas relativos à produção, gestão, utilização, tratamento, controle, preservação e acesso aos documentos e informações arquivísticas.

 

 ASSISTÊNCIA TÉCNICA ARQUIVÍSTICA

A Assistência Técnica Arquivística tem por objetivo geral prestar orientação especializada aos órgãos da Administração Direta e Indireta do município de São Caetano do Sul. Esta ação tem como objetivo, capacitar os servidores municipais quanto às melhores práticas para viabilizar o tratamento técnico e organizar o acervo documental arquivístico dos órgãos, bem como garantir melhores condições de guarda e preservação dos documentos e torná-los acessíveis aos usuários.

A Gestão de Documentos trata de um conjunto de ações para articular e orientar os órgãos da Administração Municipal na execução dos procedimentos para elaboração dos instrumentos de gestão documental, tratamento arquivístico dos documentos e estabelecer um cronograma de Assistência Técnica Arquivística de acordo com a demanda e o volume documental do acervo das unidades ou setor.

A Assistência Técnica Arquivística visa a alcançar a curto e médio prazos, os seguintes resultados:

a) padronização e interação sistêmica das atividades de arquivo e controle de documentos no âmbito da Administração Municipal;

b) racionalização e modernização dos serviços arquivísticos;

c) agilidade e segurança no acesso e recuperação da informação;

d) implementação de um SIGAD

e) redução nos custos de armazenagem da documentação;

f) preservação do patrimônio arquivístico da Prefeitura de São Caetano do Sul, como decorrência da avaliação criteriosa da massa documental a ser eliminada ou recolhida, em função dos programas de gestão e de preservação de documentos públicos.

g) eficácia e agilidade no processo decisório por parte da máquina administrativa;

h) conscientização da função social dos arquivos como instrumento de apoio ao Estado e ao cidadão, bem como à pesquisa histórica e ao desenvolvimento científico e cultural.