Texto: Eliane Parmezani (MTb - 48.006)

Foto: Dinu / Secult PMSCS

 

Neste sábado e domingo (11 e 12/9), o Bosque do Povo, em São Caetano do Sul, foi tomado por atividades artísticas a céu aberto para toda a família. Na terceira edição do “Cultura ao Ar Livre”, subiram ao palco nove grupos musicais. Oficinas culturais (de meditação e de fotografia), aulas abertas de zumba e de fitdance, encontro literário e sessão de fotos com cosplays para a criançada cativaram o público e os artistas participantes.

Food trucks estiveram no local durante todo o evento. O valor arrecadado com a cessão do espaço será destinado ao Fundo Municipal de Cultura. No domingo (12), ao longo do dia, a rica trajetória do automobilismo mundial marcou presença no “Bosque Old Car”. Passaram pelo Bosque do Povo aproximadamente 140 exemplares do antigomobilismo. Todas as ações foram organizadas pela Prefeitura por meio da Secretaria de Cultura (Secult).

“O evento deste final de semana é o resultado de um trabalho cuidadoso que a Secult vem fazendo para ocupar os parques, praças e ruas da cidade, atendendo a uma grande demanda da população que quer retornar à vida cultural com segurança”, afirmou a secretária de Cultura, Liana Crocco.

 

Carros antigos

O Bosque Old Car, que retoma o tradicional encontro de carros antigos em São Caetano, foi uma agradável oportunidade para os participantes e apreciadores conhecerem de perto os possantes que fizeram história. Crianças acompanhadas dos pais admiravam os clássicos em exposição.

Os expositores, também acompanhados de suas famílias, levaram belos exemplares de Fuscas, Kombis, Opalas, além de modelos fabricados nos anos 1990, que estão entrando no rol dos clássicos, como o Gol e outros chamados carinhosamente de “quadrados”. Também marcaram presença o Kadett, Vectra, Escort, Tempra e modelos importados, como Mustang, Porsche e Cadillac.

Lucas Vinícius de Oliveira, dono de um Fusca 1970 azul-pavão, tem participado dos tradicionais encontros de carros antigos organizados pela Prefeitura no Bosque do Povo desde 2015: “Gosto do clima de encontro no parque. Aqui é bastante arborizado, o que é muito importante em um dia quente e ensolarado como o de hoje. O ambiente aqui, além disso, é bem familiar, todos respeitando o espaço do outro, a presença de crianças.”

O expositor ressalta o aspecto inclusivo do encontro no sentido de não haver limitação quanto ao ano de fabricação do carro para participar: “O foco nos antigos e a aceitação de modelos mais recentes agrega, reúne quem realmente aprecia os automotores,” afirmou.

Os participantes doaram, ao todo, 200 kg de alimentos não perecíveis, que foram destinados ao Banco de Alimentos, administrado pelo Fundo Social de Solidariedade do município. Os próximos encontros de carros antigos no Bosque do Povo estão previstos para ocorrer sempre no segundo domingo de cada mês.

 

Música e literatura

Também no último dia 12, escritores e escritoras da cidade levaram suas obras, leituras e atividades ao Bosque do Povo, como a deliciosa Pipoca Literária. Os visitantes tiveram a oportunidade de recolher pergaminhos com trechos e citações literárias. A ação mais divertida foi a "Procura-se", com cartazes de autores e suas biografias.

Os shows musicais tiveram uma calorosa recepção do público, com uma expressiva presença de crianças. Danilo de Mesquita, o Gene Simmons, do Dynasty Kiss Cover, conta que, durante as fases restritivas da pandemia, a atividade da banda era produzir lives para não se distanciar do público:

“Há cerca de um mês estamos sendo convidados para apresentações com presença de público, a céu aberto, como esta, ou mesmo em espaços fechados, com os protocolos necessários. E está sendo ótimo porque é o que mais gostamos de fazer. A receptividade do público foi sensacional, muito positiva, participante. Esperamos estar em outros eventos junto à Secult”, comentou o baixista e vocalista, membro desde 2004 do Dynasty.

Para Guto Almeida, o vocalista da banda Macaco Estrela, “Para nós, foi uma honra tocar aqui, com essa estrutura maravilhosa. Como temos a maior parte do repertório formada por músicas próprias, é muito importante ter um espaço assim, ao ar livre e com público, para nos apresentarmos, para as pessoas conhecerem o nosso trabalho. E a galera aqui se envolveu demais, a recepção foi muito boa.”

Acompanhe a programação da Secult pelas redes sociais: @secultscs (Instagram e Youtube) e @agendaculturalscs (Facebook), ou ainda pela Agenda Cultural, disponível no link da BIO do Instagram e no site www.saocaetanodosul.sp.gov.br, na aba “Agenda da Cidade.”