Foto: Letícia Teixeira / PMSCS

 

Um grupo de representantes da administração municipal esteve na EMEFM (Escola Municipal de Ensino Fundamental e Médio) Arquiteto Oscar Niemeyer na manhã desta quinta-feira (28/4). O prefeito, que fazia parte do grupo,  foi acompanhar as aulas de apoio escolar que estão sendo ministradas no contraturno das aulas regulares, como parte do Programa de Retomada da Educação nas escolas da rede municipal de ensino.

Na EMEFM Arquiteto Oscar Niemeyer, 245 alunos foram convocados a participar das aulas de apoio escolar. “Essa iniciativa da Secretaria de Educação vai garantir que o ensino de São Caetano continue a apresentar a mesma qualidade que sempre foi modelo no país. É fundamental que todos os alunos convocados participem ativamente das atividades de recuperação”, conclama o chefe do Executivo.

RECUPERAÇÕES PARALELA E CONTÍNUA

O apoio escolar insere-se num amplo programa de recuperação de eventuais perdas advindas dos períodos mais restritivos da pandemia. O projeto iniciou com aulas de revisão do conteúdo durante todo o primeiro mês de aulas.

Ao longo da segunda semana de março as escolas fizeram uma avaliação diagnóstica: o propósito foi identificar alunos que ainda estivessem com dificuldades de aprendizado em pontos específicos.

“Os alunos que apresentaram defasagens de aprendizado foram convocados a participar das aulas de apoio no contraturno. Mas todos os estudantes da rede municipal estão desenvolvendo também um trabalho de recuperação contínua, dentro do turno, com atividades diferenciadas e lição de casa para reforçar conteúdos”, informa a secretária de Educação.

 As aulas de apoio escolar seguem até o final do ano. Os alunos podem ser liberados dessas aulas adicionais assim que sanarem sua dificuldade. Mas qualquer aluno, mesmo os que não apresentaram defasagens de aprendizado na avaliação diagnóstica, pode participar do apoio escolar se assim o desejar. “As aulas de apoio são abertas a todos”, declara o diretor da escola.