Foto: Divulgação/PMSCS

 

Ligar e desligar as luzes da casa à distância, controlar a temperatura do ar condicionado e da água na banheira pelo celular, ter um sistema de segurança por biometria ou uma geladeira que avisa quando é hora de fazer compras.  A “casa inteligente” não é mais ficção científica, é possibilidade, graças à conexão de objetos do cotidiano à rede mundial de computadores, a chamada Internet das Coisas (IoT). E os alunos da Escola Municipal de Novas Tecnologias (EMNOVA) Profa. Neusa Nunes Branco, da Prefeitura de São Caetano do Sul, terão a oportunidade de conhecer um pouco dessa verdadeira revolução tecnológica em sua aula inaugural do terceiro bimestre.

Com o título “Internet das coisas: criando com a plataforma Arduíno”, a aula inaugural será realizada no dia 4 de agosto, às 19h, no Canal de Youtube da Escola Municipal de Novas Tecnologias, que pode ser acessado pelo site da escola: https://emnova.scseduca.com.br/

O palestrante será Artur Jovanelli, professor certificado pela Google no uso de Novas Tecnologias e coordenador de Tecnologia da Informação (TI) na Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul. Ele vai falar sobre como os objetos eletrônicos de uma residência podem coletar informações e serem controlados de forma remota por meio da plataforma Arduíno.

 “A IoT é uma possibilidade de trabalho para se desenvolver soluções e conectar as coisas na internet”, define o diretor da EMNOVA, Wesley Dourado. “É um novo cenário, onde os personagens principais são objetos que determinam o que vai acontecer e de que forma vai acontecer. É o momento em que a tecnologia está realmente a serviço do ser humano”.

Não é preciso ser aluno para assistir a essa aula inaugural; ela está aberta a qualquer pessoa que se interesse pelo tema.  Já os cursos da escola, todos gratuitos, destinam-se a moradores de São Caetano. Quem quiser fazer a inscrição para o próximo bimestre pode obter mais informações no link https://emnova.scseduca.com.br/cursos