Foto: Eric Romero / PMSCS

 

Foi dada a largada! Começou a Coleta Geek, gincana escolar com o objetivo de arrecadar lixo eletrônico. Participam da gincana todas as unidades de Ensino Fundamental e Médio da rede municipal de ensino de São Caetano do Sul. Ganha a escola que conseguir coletar a maior quantidade de equipamentos e componentes eletroeletrônicos quebrados ou obsoletos, como computadores, televisores, smartphones, cabos e carregadores, fones de ouvidos e pilhas usadas.

A gincana está sendo realizada com a orientação e apoio da organização não governamental Agenda Geek, cujo propósito é promover ações que reúnam educação, games e meio ambiente. Antes do início da gincana, as escolas receberam a visita dos organizadores, que levaram materiais informativos e banners para a divulgação da campanha. 

Na segunda-feira (6/6) a visita à EMEF Anacleto Campanella, no Bairro Olímpico, foi acompanhada por representantes da Secretaria Municipal de Educação. “Nessa gincana quem ganha é o planeta”, explicou a secretária da Seeduc em breve palestra aos alunos da escola. “Temos um compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU, Organização das Nações Unidas, e ação de coleta de lixo eletrônico é uma ação importante para alcançarmos esses objetivos”.  

Na pontuação da gincana, cada quilo de lixo eletrônico coletado vale 1 ponto. Vence quem tiver a maior média de descarte por aluno. “Descartados incorretamente, esses recursos deixariam de produzir riqueza e, ainda, poderiam contaminar água e solo, pela presença de componentes químicos e substâncias altamente poluentes”, alerta o empresário Fabiano Holtsmann, fundador da ONG Agenda Geek..

“Somos o maior produtor desse tipo de resíduo na América Latina, 87% da população brasileira possui algum tipo de lixo eletrônico parado em casa. Mas isso não é o pior: apenas 3% dos mais de 2 milhões de toneladas anuais são descartados corretamente. Esse cenário prejudica nossa economia, pois deixamos de gerar emprego com a manufatura reversa de componentes valiosos, e o principal, abusamos dos recursos do nosso planeta ao invés de reutilizar”, enfatiza o empresário Fabiano Holtsmann, fundador da ONG Agenda Geek.

Cada escola participante da gincana recebeu uma sacola coletora fornecida pela empresa de Logística Reversa Green Eletron, que fará a separação e encaminhamento de materiais recicláveis como plástico, vidro e metais de volta à cadeia produtiva. Veja o que pode ser doado acessando ebook da Agenda Geek no link https://agendageek.org/wp-content/uploads/2022/06/CARTILHA-A4-AGENDA-GEEK-ebook.pdf)

 

AGENDA 2030

O fundador da ONG explica que o maior objetivo da gincana é mobilizar os estudantes a pensarem acerca de questões como consumo e descarte consciente, alinhadas aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela Organização das Nações Unidas.

 “O nome de nossa ONG é uma referência ao termo Agenda 2030, que consiste nesse plano de ações elaborado pela ONU para garantir o desenvolvimento sustentável do planeta e uma vida digna para todos”, destaca Holtsmann. Já o termo geek é como são chamados os fãs de tecnologia. “São os nativos tecnológicos, uma geração inteira que, antes de aprender a falar, já dominava os smartphones”, ressalta o empresário.

 Criada no ano passado, no dia 14 de outubro, Dia Internacional do Lixo Eletrônico, é a primeira ação desenvolvida pela ONG junto às escolas da cidade. Para a realização da gincana, ela conta com a parceria das empresas Green Eletron - Gestora de Logística Reversa e Brasil Reverso - Gerenciamento de Descartáveis. “Essas organizações são referências nacionais quando o assunto é economia circular, logística reversa e reciclagem de resíduos eletroeletrônicos”, anuncia Fabiano Holtsmann.

 

VÍDEO E GAMES

Além da coleta de resíduos eletroeletrônicos também vale pontos para a gincana a elaboração de um vídeo, ação que deverá ocorrer ao longo do mês de julho. Os alunos participantes deverão postar um vídeo de até 3 minutos explicando os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Em agosto, para mobilizar a comunidade estudantil a se engajar na competição, ocorre um campeonato de games. Os estudantes gamers poderão participar de torneio de Fifa, Just Dance e League of Legends, organizados pela Escola SAGA – School of Art, Game & Animation. E em setembro, ocorrerá a contagem final da pontuação e premiação dos primeiros colocados.

As premiações serão doadas pela SAGA, em parceria com a Agenda Geek. “Além disso, para contribuir com a educação dos alunos da rede municipal de São Caetano do Sul, a Escola SAGA disponibilizará 13 mil oficinas gratuitas de Photoshop e Desenvolvimento de Games para todos os jovens participantes”, anuncia Fabiano Holtsmann.