A Fundação Municipal Anne Sullivan (Fumas), pioneira no atendimento terapêutico e escolar a surdocegos na América Latina, completou 45 anos de existência nesta quinta-feira (15/9). Para celebrar, preparou uma programação especial para seus alunos e assistidos no sábado (17), das 9h às 11h.

 “Vai ser uma Festa da Primavera”, informou a diretora Solange Keller. “Vamos ter plantio de mudas de flores em vasinhos recicláveis, confeccionaremos flores com tampinhas de garrafa e ainda teremos a apresentação de violão com músicas infantis.”

Celebrando o início de uma nova estação, a Fundação Anne Sullivan marca, também, o início de um novo ciclo dedicado a promover educação, inclusão e respeito à diversidade.  

 

HISTÓRIA

Fundada em 1977, a Fumas foi pioneira na América Latina no atendimento em surdocegueira, ampliando depois seus atendimentos para educandos com surdez. Em 1998, passou a se chamar Escola de Educação Básica Anne Sullivan, acrescentando atendimentos para pessoas com paralisia cerebral e TEA (Transtorno do Espectro Autista).

 Atualmente, atende 160 pessoas contando com uma equipe de 70 servidores, dentre os quais especialistas em Fonoaudiologia, Fisioterapia, Psicologia, Psicopedagogia, Terapia Ocupacional e Assistência Social.  Os atendimentos são realizados em um espaço físico adaptado às necessidades específicas de cada pessoa, que inclui uma piscina, sala de Terapia Ocupacional, sala de Fisioterapia, sala de Comunicação e de Multimídia.