Foto: Divulgação / GCM / PMSCS

A GCM (Guarda Civil Municipal) de São Caetano deteve em flagrante, no sábado (8/10), um homem (27 anos), após roubar um estabelecimento comercial, no Centro. O homem foi conduzido à Delegacia Sede, onde permaneceu preso à disposição da Justiça pelo flagrante de roubo, lesão corporal e resistência.

Ao perceber que o estabelecimento estava sendo roubado, uma testemunha seguiu até a Base Comunitária de Segurança da GCM, no Terminal Rodoviário Nicolau Delic Módulo II, e acionou os guardas. Em fuga, o homem foi interceptado pela Rotam (Rondas Táticas com Apoio de Motocicletas). O dinheiro roubado do estabelecimento foi recuperado e restituído ao proprietário.

 

ESTABELECIMENTO COMERCIAL

A GCM deteve na noite de sábado (8) um casal (35 e 25 anos), por furto de um supermercado no Bairro Fundação. Ambos foram conduzidos à Delegacia Sede e permaneceram presos à disposição da Justiça pelo flagrante de furto. 

Uma equipe da ROMU (Rondas Municipais), que realizava Operação Bloqueio no Viaduto Independência, foi avisada por testemunhas que o casal, que havia acabado de furtar mercadorias no supermercado, estava seguindo em direção ao bloqueio.

 Ao avistar o casal, os GCMs realizaram a abordagem e localizaram uma mochila com sete pacotes de café, cinco calças leg, uma calça de moletom e um boné. O casal confirmou que havia furtado o material no supermercado.

 

DOMINGO

Já no domingo (9), dois veículos, alvos de investigação de possível envolvimento em crimes cometidos no município, foram apreendidos pela GCM. Os alertas foram emitidos pelo sistema de videomonitoramento do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências) e os veículos conduzidos para a Delegacia Sede para medidas pertinentes à Polícia Judiciária.

Por volta das 21h, um Fiat Idea foi interceptado pela GCM, na Avenida Goiás (altura do Bairro Santo Antônio). O motorista (32 anos) não possuía CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e o veículo estava com a documentação irregular.

Um pouco mais tarde, por volta das 23h40, outro alerta do CGE foi disparado para a rede de viaturas. O Fox, suspeito de cometer crimes no município, entrou na cidade e foi abordado na Rua Amazonas, esquina com a Rua Samuel Klein. O veículo estava ocupado com três pessoas: o motorista não possuía habilitação e o veículo encontrava-se com documentação irregular. Porém, nada de irregular foi encontrado no carro.