Foto: Letícia Teixeira

O Núcleo de Educação em Urgência, parte do serviço de atendimento pré-hospitalar do SOS Cidadão 156, da Secretaria de Saúde de São Caetano do Sul, realiza capacitação, habilitação e educação permanente dos colaboradores do serviço de atendimento pré-hospitalar e formação intersetorial para urgências. Na terça-feira (2) mais um grupo iniciou as capacitações na sede do serviço.

Durante três meses, 240 professores da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio participarão de treinamento sobre acolhimento, cuidados à saúde e orientações sobre urgências e emergências. “Com as capacitações, vamos formando multiplicadores e explorando com as equipes situações-problema que podem aparecer no cotidiano e como solucioná-las”, afirmou a secretária de Saúde, Regina Maura Zetone.

Estão sendo abordados temas como engasgo, refluxo, queda, convulsão, sangramento nasal, corte, parada respiratória, febre, corpo estranho inserido no ouvido ou nariz, hipoglicemia e como acionar o Serviço de Urgência e Emergência do município. “Os encontros têm duração de quatro horas, com parte teórica e a realização de simulados e treinamentos práticos sobre temas relacionados às urgências e à atuação integrada de equipes multidisciplinares no atendimento e gerenciamento de crises”, explicou a coordenadora do SOS Cidadão 156, Alessandra Masiukewycz.

“O projeto é muito importante para termos noção de como socorrer e dar assistência para crianças no primeiro momento, antes do socorro chegar. O que aprendemos funciona não apenas para usarmos no dia a dia na Educação, mas para nossas famílias e nossa comunidade. Aprendemos técnicas importantes para salvar vidas”, explicou Roberta Targon de Azevedo Fiorito, assistente de direção na EMI Maria Panarielo Leandrini. 

A equipe também realizou um treinamento para acionamento do serviço de urgência para os colaboradores da Fundação das Artes. “O IX Simpósio da Fundação das Artes de Formação Continuada é uma oportunidade de promover a troca de experiências e reflexões para o aprimoramento das atividades pedagógicas, além de integrar toda a equipe para o início de um novo semestre letivo. Nesta edição do simpósio foram debatidos temas atuais como qualificação profissional e a implantação do novo itinerário formativo do Ensino Médio. A participação da coordenadora do SOS Cidadão 156,  Alessandra Masiukewycz, foi de grande relevância para esclarecer como funciona o acionamento do serviço de emergência no município, contribuindo ainda mais para o melhor acolhimento dos alunos que frequentam a nossa instituição", afirmou a diretora Ana Paula Demambro.

A equipe já tem programação de capacitações com grupos de escoteiros e  escola de artes marciais, além dos trabalhos de educação permanente do corpo clínico do Complexo Hospitalar, Unidade de Pronto Atendimento e do Hospital de Municipal de Emergências Albert Sabin.