Foto: Letícia Teixeira /PMSCS

 

A EMEF (Escola Municipal de Ensino Fundamental) Senador Fláquer, localizada no Bairro Fundação, chegou rejuvenescida aos 102 anos de vida. Na sexta-feira (6/5), o prefeito reinaugurou a unidade, após obras de revitalização. O evento também celebrou o aniversário dessa que é a mais antiga escola da cidade (inaugurada em 8 de maio de 1920).

 “É mais um compromisso com o Bairro Fundação que estamos cumprindo”, disse o prefeito em seu discurso, aproveitando para anunciar duas inaugurações no bairro nas próximas semanas: um CISE (Centro Integrado de Saúde e Educação da Terceira Idade), na Rua Ceará, e o novo parque. “Neste ano a Fundação voltará a ter a Festa Italiana, que alegra o bairro e a cidade”, celebrou.

A festa de aniversário e reinauguração mobilizou toda a comunidade escolar e teve momentos emocionantes, como a apresentação das turmas de 1º ano, que declamaram o poema “As borboletas”, de Vinicius de Moraes, juntamente com sinais de Libras.  “Essa apresentação foi um ensinamento para nós, um exemplo para tornar a cidade ainda mais inclusiva”, destacou a secretária de Educação.

 O prefeito também parabenizou a comunidade escolar pela festa preparada com capricho, pelo comportamento exemplar dos estudantes e pelo sentimento, externado por alunos e pais, de amor e carinho à escola e à equipe gestora, sobretudo ao diretor Tiago, que recebeu aplausos efusivos. “É um professor que deixou de ser simplesmente um diretor e passou a ser um líder no bairro”, elogiou.  “Sinto-me muito orgulhoso por meus pais terem estudado nesta escola”, complementou o prefeito.

A unidade de ensino recebeu obras gerais de requalificação, que incluíram ampliação da cozinha e refeitório, além da instalação de um acesso coberto para alunos, espaço de convivência, sala de leitura, laboratório, sala de recursos e banheiros novos.

Além de mais confortável e segura para os cerca de 600 alunos do 1º ao 9º ano, a EMEF Senador Fláquer ficou ainda mais bonita, com nova pintura e um toque especial: as artes murais feitas pelas artistas Adriely Correa de Melo e Nathália Del Bianchi.

“Essa reforma foi muito importante para dar mais qualidade à estrutura que temos, como resultado da união de esforços das Secretarias de Educação, Obras, Mobilidade Urbana e Saesa (Sistema de Água, Esgoto e Saneamento Ambiental). A escola ficou linda. Agora estamos focados na parte pedagógica. Queremos ter uma escola que transforme vidas, que crie pessoas que vão transformar a realidade”, declarou o diretor Tiago.