Foto: Letícia Teixeira / PMSCS

São Caetano do Sul obteve resultado expressivo na redução de indicadores criminais no mês de julho, em comparação com o mesmo período de 2019, antes do início da pandemia. Os dados são os mais recentes apresentados pela SSP (Secretaria de Segurança do Estado de São Paulo), e comprovam as eficientes ações de prevenção e combate ao crime, coordenadas pela Seseg (Secretaria de Segurança), em parceria com a GCM (Guarda Civil Municipal), a PM (Polícia Militar) e a Polícia Civil.

A queda mais acentuada, de 70%, foi em relação aos roubos de veículos: foram 20 em julho de 2019 e seis em julho de 2022. Os roubos de outros bens ou pertences recuaram 58,75% no mesmo período: de 80 para 22.

Os dados são resultado, principalmente, da integração do trabalho das corporações e dos investimentos feitos pela Prefeitura em Segurança. O principal deles, a criação do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), com o monitoramento de toda a cidade por mais de 350 câmeras.

Além disso, a frota da GCM foi renovada com 17 novos veículos, e foram compradas armas, drones e uniformes. Os profissionais das Forças de Segurança receberam cursos de capacitação. E a Prefeitura ampliou o valor pago por plantões especiais realizados por guardas civis municipais e a policiais militares que atuam na Atividade Diferenciada e na Atividade Delegada, respectivamente - de R$ 158 para R$ 240.

“A queda dos índices criminais é consequência de ações conjuntas das Forças de Segurança em São Caetano (GCMs, Policiais Civis e Militares), contando sempre com efetivos investimentos da Prefeitura. Os números são resultado também do patrulhamento preventivo intenso e dos bloqueios policiais, que ampliam a sensação de segurança e oferecem tranquilidade à população de São Caetano”, explica o secretário municipal de Segurança, Lourival dos Santos Silva.