Foto: Divulgação / PMSCS

São Caetano do Sul é a cidade mais competitiva do ABC. O resultado consta na 3ª edição do Ranking de Competitividade dos Municípios, do CLP (Centro de Liderança Pública), divulgado semana passada. O índice apresenta a realidade socioeconômica dos 415 municípios do País, com mais de 80 mil habitantes.

O levantamento aponta São Caetano na terceira colocação geral, atrás somente de Barueri (1ª) e Florianópolis (2ª). A cidade é também a única da região entre as 10 mais bem posicionadas no ranking nacional.

“Estamos construindo uma cidade para as pessoas. E isso, obviamente, também passa pelo desenvolvimento econômico. Estabelecemos um ecossistema favorável à manutenção e à atração de novos negócios, gerando emprego e renda, que se revertem no aprimoramento dos serviços públicos e, consequentemente, na melhora da qualidade de vida da população”, ressalta o prefeito José Auricchio Júnior. “É uma cadeia próspera, capaz de assegurar este cenário por muitos anos.”

Desburocratização para a abertura de empresas, estreitamento com as universidades locais, localização privilegiada e a expansão da rede hoteleira são alguns dos fatores que contribuem para o ambiente favorável à instalação de empresas. Destaque, também, para a excelência na prestação de serviços públicos e para a vitalidade econômica do município.

A Prefeitura é parceira do empreendedor. Dá todo o apoio, de orientações a ajuda na obtenção de licenças junto a órgãos estaduais e federais. Desburocratiza o processo. E assim, lado a lado, em muitos casos garante a abertura de empresas em 24 horas.

Não por acaso, São Caetano tem liderado a retomada econômica no Grande ABC, registrando recordes de geração de empregos. Nesta semana, o Portal do Emprego (portaldoemprego.saocaetanodosul.sp.gov.br), mantido pela Prefeitura, oferece 254 vagas de trabalho. O número representa 45,9% do total de postos disponíveis na região.

A MELHOR DO BRASIL

O CLP também classifica São Caetano como a melhor cidade do Brasil em práticas ESG (Environmental, Social and Governance), sigla em inglês para Ambiental, Social e Governança. O que comprova, mais uma vez, a eficiência das políticas públicas desenvolvidas pela Prefeitura para assegurar o crescimento sustentável.

A cidade também é a mais sustentável do Brasil (de acordo com ranking do Instituto de Cidades Sustentáveis, divulgado em julho) e há décadas ostenta o maior IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do País.