Foto: Osvaldo F./Contrapé

Tradicional no vôlei feminino nacional, o São Caetano / Energis 8 Brasil se apresentou no fim da semana e iniciou preparação para a temporada 2022/23. A equipe retornou à Superliga após o título da Superliga B, e terá ainda a disputa do Campeonato Paulista, dos Jogos Regionais e Abertos do Interior.

Outro destaque para esta temporada é a renovação de patrocínio master com a Energis 8 Brasil, além da manutenção das parcerias com a Prefeitura de São Caetano do Sul e a Apetece, fornecedora oficial de alimentação.

“Montamos uma equipe de atletas que participaram da temporada campeã do ano passado, junto a contratações e jogadoras do sub-21. Assim, criaremos uma base forte para a disputa de todas as competições”, comentou o treinador Fernando Gomes.

Capitã da equipe, a levantadora Mikaella falou sobre a próxima temporada. “Estou muito feliz por estar na equipe e ansiosa para que as competições comecem. Temos os Regionais para jogar, o Paulista, a Superliga, que é o campeonato principal, e a expectativa é das melhores. Que a gente faça ótimos treinos, ótimos jogos e uma boa temporada e, juntamente com a comissão técnica, consiga alcançar os nossos objetivos”, ressaltou Mikaella, de 25 anos, que jogará ao lado da líbero Laís (24) e da ponta Duda Lima (23), que permaneceram do time campeão da Superliga B.

 

CONTRATAÇÕES

Para a temporada 2022/23 foram contratadas a ponta Naiara Félix (31 anos), que já atuou no vôlei da Alemanha, Romênia, França e Portugal; a central Leticya Franco de Souza Paulo (24 anos), que tem conquistas na Superliga B e C; a oposta Camila Mesquita (22 anos), que atuou por Pinheiros e Minas Tênis Clube, campeão da Copa do Brasil e da Superliga em 2021; a ponteira Lohayne Oliveira Endres (23 anos), também com conquistas na Superliga B e C; e Camila Leite (33 anos), que já atuou tanto no vôlei de quadra quanto de praia.