Em reunião nesta quinta-feira (30/1), um grupo de Mulheres Empreendedoras iniciou os trabalhos para criação de novos projetos em 2020 junto à Prefeitura de São Caetano do Sul. O encontro ocorreu na Sedeti (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo, Tecnologia e Inovação).

“A proposta é criar, de fato, políticas públicas para o empreendedorismo feminino”, afirma o secretário da Sedeti. A visão do município é que tais ações gerem trabalho e renda para as famílias, sustentabilidade do mercado e, sobretudo, que reconheça e favoreça o protagonismo da mulher.

Participaram da reunião as empreendedoras Claudia Roncador, Liziane Oliveira, Roberta Castaldoni Zamona, Milene Nicolau, Aline Dalindo Mendonça, Patrícia Thaís Duchnicky e Kelly Cristina.

Para o subsecretário de Inovação de São Caetano (ligado à Sedeti), é preciso lançar um olhar atencioso à presença feminina também nas startups, número que gira em torno de apenas 15%. “É possível reverter esse cenário, conectando as mulheres que querem empreender, entre si e com o mercado como um todo”, diz.