Mayra Monteiro / PMSCS

O sistema público de Saúde de São Caetano do Sul está entrando em uma nova Era. Isso porque o Prontuário Eletrônico está em fase final de implantação em toda a rede municipal, permitindo atendimentos muito mais ágeis e eficientes. Na prática, é o fim das fichas de papel e o despacho de malotes entre setores, o que emperrava por dias o agendamento de consultas e exames, por exemplo. Agora, é tudo na tela do computador. Na hora.

A tecnologia já está presente em mais de 60 setores, somando hospitais, Unidades Básicas de Saúde (UBSs), unidades especiais de atendimento e departamentos administrativos. Nos próximos dias, a implantação será finalizada no CEM (Centro de Especialidades Médicas), no Bairro Fundação, e no CTNEN (Centro de Triagem Neonatal e Estimulação Neurossensorial), no Bairro Santa Maria, completando toda a rede municipal.

O Prontuário Eletrônico armazena e unifica todas as informações do paciente, que ficam disponíveis a toda a rede de Saúde, e não só à unidade em que foi prestado o atendimento. Dessa forma, quando o paciente se dirigir a qualquer outra unidade, não será preciso abrir um novo cadastro. Seu histórico completo já estará lá, com sua identificação, sintomas anteriores, diagnósticos, exames e tratamentos realizados. A atualização é feita a cada atendimento.

O sistema é integrado, inclusive, aos laboratórios. Como comparativo, antes o paciente passava em consulta em uma UBS; o médico solicitava o exame; a guia ia para a Central de Agendamento via malote; a Central de Agendamento verificava a escala disponível com o laboratório; devolvia essa guia com a data agendada para a UBS; e a UBS entrava em contato com o paciente para realizar o exame. Um trâmite burocrático e não informatizado que levava dias para ser concluído.

“Agora o médico solicita o exame na frente do paciente, na tela do computador. E, em poucos minutos, a Central já agenda com o laboratório. Todos integrados ao mesmo sistema. O que levava dias agora é resolvido na hora”, destaca o gerente de Tecnologia da Informação da Secretaria de Saúde, Jorge Bastos, responsável pela implantação do Prontuário Eletrônico na rede. “É claro que, pela grande demanda, há espera de atendimento em algumas especialidades. Mas a questão burocrática ganhou muito mais agilidade.”

“A assistência à saúde se faz baseada no tripé de acesso às consultas, ao diagnóstico terapêutico (exames) e ao bem farmacêutico. Com o Prontuário Eletrônico, fortalecemos todas essas etapas. É um sistema de excelência, que eleva ainda mais o padrão de atendimento da nossa rede, e que vai ao encontro da nossa prioridade, que é cuidar das pessoas”, afirma o prefeito José Auricchio Júnior.

Os benefícios da versão digital não se restringem à rapidez de atendimento. O Prontuário Eletrônico confere mais segurança e precisão sobre os dados dos pacientes, já que as fichas de papel eram suscetíveis a extravios.

Além disso, gera economia ao município e mais comodidade ao paciente, já que o histórico compartilhado por toda a rede evita a repetição de exames por mudança de local de atendimento. “Hoje o resultado do exame fica disponível para os médicos de toda a rede, tanto ambulatorial quanto hospitalar. No caso de um exame invasivo, como uma colonoscopia, a repetição gerava sofrimento ao paciente. Isso acabou”, conclui Jorge.

A secretária municipal de Saúde, Regina Maura Zetone, exalta a implantação do sistema. “O Prontuário Eletrônico traz confiabilidade, racionalidade e economicidade de tempo e de papel, além de acabar com o desgaste do paciente de levar guias de uma unidade para outra. É a organização completa da rede. Inteligência a serviço da Saúde.”