Foto: Letícia Teixeira

A Prefeitura de São Caetano do Sul completa nesta sexta-feira (17/12) um mês do programa Disque Coronavírus - Fase 2, uma ação rápida e eficaz para quebrar a cadeia de transmissões. Com ele, cada paciente que testa positivo indica até três pessoas com as quais teve contato recente, que também serão testadas. Em caso de mais resultados positivos, são abertos novos processos de rastreamento, formando uma grande rede de proteção. A cidade é a única do Estado de São Paulo a testar contactantes.

No primeiro mês de atendimentos foram realizados 1.808 testes, entre moradores sintomáticos e contactantes, e 83 foram positivos, cerca de 4,5%. “Conseguimos manter o fluxo de atendimento especializado na UBS (Unidade Básica de Saúde) Caterina Dall’Anese 12 horas, com acolhimento do paciente pela equipe de enfermagem, em seguida, ele faz o exame e, após o resultado, passa pelo médico que fará a prescrição de medicamentos. O paciente deixa a unidade com todo medicamento necessário para seu tratamento. Os casos positivos continuam sendo monitorados pela equipe, via Telemedicina a cada 48h, durante dez dias”, explicou o secretário de Saúde, Danilo Sigolo. 

Segundo Sigolo, o esquema vacinal completo de mais de 94% da população acima de 12 anos tem mantido o número de casos positivos baixos na cidade. “Nos últimos dias, atingimos o menor índice de internações, desde o início da pandemia. Temos observado casos cada vez mais leves porque, além de prevenir a morte pela doença, as vacinas oferecem grande redução de risco de infecção grave e hospitalização”, destacou o secretário.

Logo que a pandemia deu os primeiros sinais no Brasil, São Caetano se movimentou com a criação do Comitê de Emergências. As duas primeiras medidas implantadas foram a plataforma do Disque Coronavírus e a Telemedicina. 

O Disque Coronavírus - Fase 2 foi desenvolvido em parceria com a USCS e o Laboratório Hilab, que oferece os testes de antígeno, com entrega de resultados em até 20 minutos (inclusive com envio ao paciente por SMS) e o processamento das amostras em tempo real.

DISQUE CORONAVÍRUS

O morador acessa o Disque Coronavírus pela plataforma digital coronasaocaetano.org ou pelo telefone 0800-774-4002, que faz a primeira triagem, seguida de avaliação médica por Telemedicina. Caso necessário, ele será encaminhado para a UBS Caterina Dall’Anese, que já atende casos gripais que procuram diretamente o espaço, para que seja feito o teste de antígeno.

Toda pessoa que testar positivo deverá apresentar os dados pessoais de três contactantes (da família, trabalho, relações sociais e lazer) com as quais teve contato nos últimos três dias, que serão testadas por amostragem. Caso o resultado do contactante seja negativo, o mesmo deverá ficar em alerta para surgimento de sintomas. Caso seja positivo, ele deverá indicar mais três contatos para serem testados.