Foto: Eric Romero / PMSCS

 

Em Audiência Pública realizada na Câmara Municipal nesta sexta-feira (29/4) e transmitida à distância por rede social, a secretária de Educação apresentou um balanço de sua pasta no exercício de 2021.  “Este evento é fundamental. Permite que a população tenha conhecimento das ações do poder público”, declarou a secretária ao iniciar sua apresentação.

A secretária começou apresentando os números e a estrutura da rede municipal de ensino no ano de 2021:  3.699 servidores e 20.848 alunos, distribuídos em 45 escolas de Educação Infantil, 20 escolas de Ensino Fundamental, uma escola de Educação Básica (da Fundação Municipal Anne Sullivan), duas escolas de Ensino Médio, uma escola de Educação Profissional Técnica e uma escola de Educação de Jovens e Adultos.

 A rede municipal de ensino de São Caetano oferece, também, educação complementar em instituições de ensino gratuitas, nas quais foram matriculados mais de 5.550 alunos:  2.475 na Escola Municipal de Idiomas Paulo Sérgio Fiorotti, 1846 no Celef (Centro de Estudos de Línguas do Ensino Fundamental) e 1.230 na Escola Municipal de Novas Tecnologias.

Na Educação Especial, o número de alunos dobrou nos últimos anos, chegando a 670 em 2021, como resultado do bom trabalho realizado pela rede, que tem atraído alunos oriundos de outras cidades e de escolas particulares.  

Na área de infraestrutura, São Caetano inaugurou uma nova escola (a EMEI Cleide Rosa Auricchio) e realizou revitalizações em várias unidades: EMEI Romeu Fiorelli, EMI Gastão Vidigal Neto, EMEI Luiz José Giorgetti, EMEF Décio Machado Gaia e Biblioteca Esther Mesquita. Também foi dada continuidade às obras da EMEF Professora Eda Mantoanelli, que será concluída neste ano, e feita a modernização da Biblioteca Municipal Paul Harris, que será reinaugurada em breve.

Mas a secretária não se ateve aos dados de 2021 (quando ainda não havia assumido a pasta) e se dispôs a falar também sobre as atividades atuais e projetos futuros. Após a explanação, ela respondeu perguntas de vereadores e mães presentes à audiência e, dentre os questionamentos, destacou-se a questão da Educação Especial no município.

“A Educação Especial é uma bandeira de nossa gestão. Finalizamos ontem (28), a Consulta Pública sobre a Política de Educação Especial e vamos criar o Núcleo de Educação Especial no Cecape, para oferecermos capacitação especializada aos professores.”  

Ao finalizar sua apresentação, a secretária deixou seu agradecimento a todos os profissionais que atuam na rede e ao prefeito José Auricchio Júnior, “pela confiança em nosso trabalho”. E reafirmou que as portas da Secretaria de Educação estão abertas aos representantes do Legislativo e à população:  “Política pública se faz pelo diálogo, pela construção conjunta”, finalizou.